Os 10 maiores fracassos de bilheteria nos cinemas em 2015

29 de Dezembro de 2015
Os 10 maiores fracassos de bilheteria nos cinemas em 2015

Salários altos, orçamentos milionários e muita ostentação. Fazer cinema em Hollywood é uma tarefa cara e nem sempre pode ser rentável como muitos imaginam. Se por um lado há aqueles campeões de bilheteria, por outro temos que levar em consideração aqueles filmes que sofrem para se pagar.

Aliás, alguns nem isso conseguem. A lista abaixo, originalmente publicada pela IGN US, mostra quais foram os dez filmes laçados em 2015 que podem ser considerados os maiores fracassos do ano em termos de bilheteria. Todos os que estão nessa lista arrecadaram menos do que gastaram para serem produzidos.

Ou seja: a conta não fechou e os produtores desses filmes certamente ficaram no prejuízo. Você já imaginava que alguns dos filmes dessa lista teriam dificuldades para fechar as contas no final da temporada de exibição?

10) Victor Frankenstein 

A ideia parecia promissora: recontar a história de Frankenstein tendo no elenco nomes como James McAvoy e Daniel Radcliffe. A aposta da Fox Filmes em Victor Frankenstein, no entanto, não deu certo e no final das contas a produção ficou devendo US$ 3,6 milhões.

Na trama, o cientista Victor Frankenstein (James McAvoy), ao visitar um circo, encontra um jovem corcunda (Daniel Radcliffe). O misterioso rapaz ajuda a salvar a vida de Lorelei (Jessica Brown Findlay) por causa dos seus conhecimentos em anatomia. Impressionado com o feito, Victor batiza o rapaz de Igor e o leva para casa. Juntos ambos saem em busca de uma missão: criar vida após a morte.

Orçamento: US$ 40 milhões – Total arrecadado: US$ 36,4 milhões

9) Mortdecai: A Arte da Trapaça

Parece inimaginável que um filme estrelado por Johnny Depp esteja nesta lista e com certeza muito produtores também pensavam assim. Porém, com um orçamento de US$ 60 milhões, Mortdecai: A Arte da Trapaça não arrecadou mais do que US$ 55 milhões. Ficou devendo US$ 5 milhões.

No filme, Charles Mortdecai (Johnny Depp) é um negociador de artes que está passando por dificuldades financeiras. Sabendo da crise, o inspetor Martland (Ewan McGregor) pede a ajuda do vendedor para resolver o assassinato de uma restauradora de quadros. Caso ele tenha êxito, sua dívida é perdoada. Porém, o inspetor tem outros interesses por trás dessa situação, o que deixa tudo mais complicado.

Orçamento: US$ 60 milhões – Total arrecadado: US$ 55 milhões 

LINK DIRETO PARA COMPRA

8) Negócios Fora de Controle

Estrelada por Vince Vaughn, Dave Franco e Tom Wilkinson, a comédia Negócios Fora de Controle teve um custo total de US$ 35 milhões, mas nas bilheterias não faturou mais do que US$ 24,6 milhões. A dívida aí ficou em aproximadamente US$ 10,4 milhões.

No filme, Dan Trunkman (Vince Vaughn) é dono de uma pequena empresa e viaja com os dois sócios (Tom Wilkinson e Dave Franco) para a Europa, onde o trio fechará um grande negócio. Atingidos por acontecimentos inesperados, porém, eles deixam o trabalho de lado e se perdem em paradas não planejadas.

Orçamento: US$ 35 milhões – Total arrecadado: US$ 24,6 milhões

LINK DIRETO PARA COMPRA

7) Rock the Kasbah

Estrelado por Bill Murray, Zooey Deschanel e Bruce Willis, Rock the Kasbah custou apenas US$ 15 milhões, um orçamento modesto para os padrões de Hollywood. O problema é que o filme foi um fracasso completo nas bilheterias e arrecadou apenas US$ 3 milhões, deixando uma dívida de US$ 12 milhões para os produtores.

Em Rock the Kasbah, Richie Vance (Bill Murray), outrora um bem-sucedido empresário de rockstars, amarga o fim de sua carreira. Ele leva seu último cliente para uma turnê no Afeganistão, mas acaba perdido, sem dinheiro e sem passaporte em Cabul. Por acaso, ele encontra uma jovem de voz extraordinária e decide ajudá-la a vencer a uma competição musical bastante popular na televisão local.

Orçamento: US$ 15 milhões – Total arrecadado: US$ 3 milhões

6) Magia Estranha

Não se sabe ao certo quanto custou a animação Magia Estranha, mas o estúdio afirma que foi algo entre US$ 40 milhões e US$ 60 milhões. Vamos ser otimistas e levar em consideração o valor mais baixo, já que nos cinemas o filme não arrecadou mais do que US$ 26 milhões. Estamos falando de uma dívida de, no mínimo, US$ 14 milhões.

A animação é uma fábula musical inspirada em Sonho de Uma Noite de Verão. A história de um grupo de duendes, elfos, fadas e diabinhos em suas desventuras para conseguir uma poderosa poção. Embalado por canções pop das últimas seis décadas.

Orçamento: US$ 40/60 milhões – Total arrecadado: US$ 26 milhões

5) O Franco-Atirador

Sean Penn e Javier Bardem juntos no mesmo filme não foram suficientes para transformar O Franco-Atirador em um filme lucrativo. Orçado em US$ 40 milhões, a arrecadação não chegou nem a US$ 25 milhões, deixando uma dívida de US$ 15,4 milhões.

A trama do filme é a seguinte: depois de uma longa carreira como matador de aluguel, Martin Terrier (Sean Penn) pretende se aposentar e passar o resto da vida ao lado de sua amada. Mas quando ele descobre que está sendo traído por pessoas de sua confiança, Martin começa uma viagem por toda Europa para acertar as contas com cada homem que tentou trapaceá-lo.

Orçamento: US$ 40 milhões – Total arrecadado: US$ 24,4 milhões

4) Especialista em Crise

É bom que os produtores de Especialista em Crise façam jus ao nome do filme, já que nas bilheterias eles ficaram devendo US$ 21 milhões. A comédia, estrelada por Sandra Bullock e Billy Bob Thornton, custou US$ 28 milhões, mas não somou mais que US$ 7 milhões de faturamento.

O filme segue a consultora política Jane Bodine (Sandra Bullock), especialista em conseguir contornar situações complicadas. Apesar de estar aposentada, ela decide trabalhar para o candidato a presidência Pedro Castillo (Joaquim De Almeida) pelo simples motivo de querer ganhar do seu antigo rival Pat Candy (Billy Bob Thornton). Para conseguir o que deseja, Jane precisa manipular os pontos de vista e tornar Castillo o homem certo para a população, mesmo sabendo que ele irá trair todos no momento em que assumir o cargo.

Orçamento: US$ 28 milhões – Total arrecadado: US$ 7 milhões

3) No Coração do Mar 

Dirigido pelo consagrado Ron Howard e estrelado por Chris Hemsworth, No Coração do Mar foi uma das superproduções de 2015, com orçamento de US$ 100 milhões. Porém, o filme não caiu nas graças do público e nos cinemas somou apenas US$ 68 milhões. Prejuízo de US$ 32 milhões.

A trama se passa no inverno de 1820, quando o navio baleeiro Essex parte em busca de óleo de baleia. O navio é liderado pelo nada experiente capitão George Pollard (Benjamin Walker), que tem Owen Chase (Chris Hemsworth) como seu primeiro oficial. Owen sonha em ser capitão e tem o objetivo de superar a meta traçada por seu empregador. Eles navegam por meses em busca de baleias, mas quando encontram se deparam com uma grande ameaça, uma gigantesca baleia branca que irá lutar por sua sobrevivência e acabará atacando o navio e sua tripulação.

Orçamento: US$ 100 milhões – Total arrecadado: US$ 68 milhões

2) Crimes Ocultos

Com Gary Oldman e Tom Hardy, o suspense Crimes Ocultos custou US$ 50 milhões para ser produzido, mas ninguém deu muita bola. Nas bilheterias o resultado foi desastroso e o filme não arrecadou mais do que US$ 14,2 milhões – um prejuízo de US$ 35,8 milhões.

Olha a sinopse: durante o governo stalinista na União Europeia, um oficial da segurança ouve falar de um país onde o número de assassinatos de crianças é muito alto, a ponto de se considerar a existência de um serial killer. O Estado não quer saber do caso, que pode ter conexões com altos funcionários do governo, e exila o oficial para que ele não possa prosseguir com a análise dos fatos. No entanto, este homem obstinado decide chamar a sua esposa para investigarem o caso por conta própria.

Orçamento: US$ 50 milhões – Total arrecadado: US$ 14,2 milhões

1) Hacker

As coisas não andaram muito boas para o lado de quem decidiu apostar em Chris Hemsworth em 2015. O filme Hacker, dirigido por Michael Mann, teve um orçamento de US$ 70 milhões, mas não somou mais do que US$ 27,6 milhões nas bilheterias. Com prejuízo de US$ 42,4 milhões, ele é o campeão do ano entre os filmes que fracassaram.

Em Hacker, Nicholas Hathaway (Chris Hemsworth) é um ex-prisioneiro que é também um gênio da informática. Liberado pela polícia para auxiliar em uma investigação, ele participa de uma emboscada a uma rede de criminosos, que o faz viajar a Chicago, Los Angeles, Hong Kong e Jacarta.

Orçamento: US$ 70 milhões – Total arrecadado: US$ 27,6 milhões

LINK DIRETO PARA COMPRA

Fonte: IGN US