As 8 naves espaciais mais rápidas da ficção científica

5 de Setembro de 2013
As 8 naves espaciais mais rápidas da ficção científica

Viagem espacial sempre foi um sonho da humanidade. Desde pequenininhos, meninos e meninas brincam de ser astronauta. Infelizmente a realidade ainda está muito longe da ficção: basta compararmos a velocidade de Voyager 1, sonda espacial da Nasa, com as nave espaciais dos filmes ara vermos que a 62.120 km/h – velocidade real da sonda – jamais chegaríamos sequer ao centro da Via Láctea, quanto menos aos longínquos planetas das aventuras da ficção.

Mas como não custa sonhar, conheça as 8 naves espaciais mais rápidas da ficção científica:

8) Serenity

Serenity - Firefly

Serenity é o nome da nave da curtíssima série de TV Firefly e do filme baseado no seriado. A nave é propulsionada por um ativador de reação a fótons, que é estável, porém superaquece os motores. Segundo o manual do capitão Malcolm Reynolds, a Serenity leva 16 dias para viajar entre a Terra e o Sol. Por analogia, a nave levaria décadas para chegar a outro sistema solar e milênios para chegar ao centro da Via Láctea.

7) Jupiter 2

Jupiter 2 - Perdidos no Espaço

Em Perdidos no Espaço, a nave Jupiter 2 tinha a missão de levar a família Robinson até um planeta habitável na órbita de Alpha Centauri, a estrela mais próxima do sol. A nave possui um motor atômico, que é movido por um mineral fictício chamado deutronium. Em velocidade máxima, a ela levaria cerca de cinco anos e meio para chegar ao seu destino. Para chegar até o centro da nossa galáxia com esta nave, a família Robinson faria uma viagem milenar.

6) USS Enterprise

Enterprise - Star Trek

USS Enterprise é a nave mais famosa da série Star Trek. Comandada pelo Capitão Kirk, ela tem a missão de descobrir novos mundos. Segundo o guia do escritor para a série original, sua velocidade é medida em escalas de dobras: a dobra um corresponde á velocidade da luz, dobra dois, dez vezes esta velocidade, e assim por diante.

A capacidade máxima da Enterprise é a dobra oito, ou seja, 1024 vezes a velocidade da luz, porém, esta velocidade já poderia danificar a nave. Uma velocidade segura seria até a dobra seis e, neste ritmo, ela ainda levaria décadas para chegar até o centro da Via Láctea.

5) Galactica

Galactica - Battlestar Galactica

Galactica é um gigantesco porta-aviões encouraçado da bem-sucedida série de TV Battlestar Galactica. Ela viaja pelo espaço através de “saltos”, atravessando alguns anos luz por vez, com um período de resfriamento entre eles. A velocidade é medida em ano-luz colonial, uma medida ficcional sem relação com as que usamos no mundo real, por isso definir a velocidade que esta nave atinge é incerto. Mas considerando que o ano luz colonial seja semelhante à velocidade real, a Galactica chegaria ao centro da Via Láctea em apenas seis dias.

4) Millennium Falcon

Millennium Falcon - Star Wars

A Millennium Falcon é a lendária nave estelar de Star Wars. Quando Luke Skywalker e Han Solo se encontram pela primeira vez, o mercenário se gaba de sua nave falando que ela foi capaz de fazer “o percurso de Kessel em menos de 12 parsecs”. Só que parsecs é uma medida de distância e não de tempo.

Mais tarde, um dos gibis de Star Wars explicou que Solo se referia, ao fato de ter conseguido viajar pela borda de um buraco negro, diminuindo o trajeto. Outra informação sobre a nave é que ela faz 0,5 a mais que a velocidade da luz, o que, a princípio, parece ser uma velocidade baixa para a nave mais rápida da frota dos rebeldes.

Mas se considerarmos que este número se refere à classe do hyperdrive (método que faz da viagem mais rápida que a luz) do veículo espacial, em que quanto mais alto o índice, mais lenta a nave seria. Se a Millenium Falcon for da classe 0,5, significa que é capaz de atingir 28 anos-luz por hora, ou seja, chegaria ao centro da nossa galáxia em poucos minutos.

3) Planet Express

Planet Express - Futurama

Na animação Futurama, a nave de entrega Planet Express já levou a encomendas a muitos lugares do universo com uma velocidade impressionante. Ela é movia por um propulsor a base de matéria negra, que é capaz de puxar o universo ao seu redor com 200% de eficiência de combustível. Com ela, uma viagem da Terra até o centro da Via Láctea levaria apenas alguns minutos.

2) Heart of Gold

Heart of Gold - O Guia do Mochileiro das Galáxias

A Heart of Gold de O Guia do Mochileiro das Galáxias é movida por um Gerador de Improbabilidade Infinita, que segundo a história é “um novo e maravilhoso método de atravessar grandes distâncias interestelares em um mero nadinha de um segundo”. Assim, os tripulantes podem se mover instantaneamente para qualquer lugar do Universo, em qualquer época. Assim, chegar de qualquer ponto a outro, inclusive no centro da galáxia, leva apenas alguns segundos.

1) Tardis

Tardis - Doctor Who

A premiada série de TV britânica Doctor Who possuía a fabulosa Tardis, nave que pode viajar “todo o tempo e espaço; todo e qualquer lugar; cada estrela que já existiu” em questão de instantes. Seu funcionamento é um mistério, mas o fato é que ela se desmaterializa em um lugar e se materializa novamente em outro a qualquer tempo. Assim, a Tardis ocupa a posição de nave mais rápida da ficção científica.

Fonte: Slate