[Filme] A Proposta

28 de Abril de 2012
[Filme] A Proposta


Sinopse

Quando a poderosíssima editora de livros Margaret se vê diante da deportação para o seu país de origem, o Canadá, ela rapidamente declara que está noiva de seu desprevenido e injustiçado assistente Andrew, que ela atormenta há anos. Ele concorda em participar da farsa, mas com uma condição: os dois devem ir ao Alasca conhecer a excêntrica família dele.

Ficha técnica

Título Original: The Proposal.
Origem: Estados Unidos, 2009.
Direção: Anne Fletcher.
Roteiro: Pete Chiarelli.
Produção: David Hoberman e Todd Lieberman.
Fotografia: Oliver Stapleton.
Edição: Priscilla Nedd-Friendly.
Música: Aaron Zigman.

Elenco

Sandra Bullock, Ryan Reynolds, Mary Steenburgen, Craig T. Nelson, Betty White, Denis O’Hare, Malin Akerman, Oscar Nuñez, Aasif Mandvi, Michael Nouri, Michael Mosley, Dale Place, Alicia Hunt, Alexis Garcia, Kortney Adams, Chris Whitney, Jerrell Lee, Gregg Edelman, Phyllis Kay, Kate Lacey, Gene Fleming, Mary Linda Rapelye, Anne Fletcher, B. Johnson, Jimmy Flynn, Dan Marshall, Darren Ross, Salvatore Santone e Adam Zalt.

Trailer

Crítica

Confesso que sempre considerei as comédias românticas um verdadeiro mistério. Em termos de estrutura elas são tão homogêneas e previsíveis que é difícil acreditar em como elas fazem sucesso e se tornaram tão populares. Em linhas gerais, os pontos de virada das histórias são sempre os mesmos e, embora o espectador tenha a certeza de que o final será feliz, são tantos os percalços pelo meio do caminho que realmente dá para acreditar que desta vez será diferente.

Apesar de repletas de clichês, é inegável que elas funcionam. E, quando bem interpretadas, divertem e fazem chorar na mesma medida, apresentando um resultado final que, se não é inovador ou criativo, revela-se sempre uma boa opção de entretenimento. E nesse quadro se encaixa muito bem o filme A Proposta.

Margaret Tate (Sandra Bullock) é uma renomada editora de livros que, em vias de ser deportada para o Canadá por não ter apresentado toda a sua documentação à imigração norte-americana, tem a idéia de forjar um casamento com o seu secretário Andrew Paxton (Ryan Reynolds), um dedicado funcionário aspirante a escritor disposto a fazer de tudo para alcançar o emprego dos seus sonhos. No entanto, para provar ao governo que o relacionamento é verdadeiro, os dois partem para um final de semana no Alasca, onde mora a família do rapaz. E é justamente nos desencontros da dupla e no relacionamento dela com os pais de Andrew que toda a história se baseia.

Nada muito original. Porém, em filmes do gênero não parece ser essa a premissa mais importante. Como em toda história de amor, é preciso uma boa química, além de uma boa dose de paixão. E em A Proposta, química é o que não falta para a dupla. Aos 44 anos, Sandra Bullock pode não ser uma excelente atriz, mas definitivamente aprendeu muito ao longo da sua carreira e é inegável a sua naturalidade em papéis cômicos ao mesmo tempo em que mantém o estilo romântico em que não é uma mulher fácil de se entregar.

Aqui ela demonstra bem essas duas características. Se por um lado é capaz de fazer o público dar boas gargalhadas, como na sequência onde dança funk em volta de uma fogueira junto com Annie (Beth White), por outro consegue ser convincente num momento um pouco mais intimista, como na cena em que revela para Andrew algumas curiosidades da sua infância, como a origem de uma tatuagem, por exemplo.

Se Margaret é a figura central da trama Andrew, por outro lado ele precisa servir de contraponto para que a estrela principal possa brilhar. E, de fato, seu personagem emprega um estilo sereno, com um humor sarcástico para acentuar as gafes ou a situação de desespero em que se encontra Margaret que, nitidamente sem controle algum da situação, ainda se mostra arrogante e prepotente o suficiente para dar ordens e tentar ditar as regras do que está acontecendo.

Nenhuma das duas atuações é um primor, longe disso, mas juntas se complementam e funcionam muito bem, fazendo com que a história flua com naturalidade, alternando bom momentos de humor com o tom romântico que o filme precisa.?? Em se tratando de atores, é impossível deixar passar em branco uma outra sequência, logo no início do filme, quando Margaret discute com Bob Spaulding (Aasif Mandvi) e o demite.

Felizmente o ator aparece apenas neste único momento. Poucas vezes vi uma atuação tão ruim e tão pouco expressiva quanto na participação deste ator indiano. Num momento que deveria ser de tensão, sua expressão mais parece ser a de um sorriso. Mas longe de ser um deboche, o que cairia muito bem, ele parece estar deslumbrado e perdido. Embora seja uma sequência simples, sua inexpressividade é tão irritante que chega a incomodar.

Já a atuação de Bethy White, no papel de Annie, avó de Andrew, é um alento e uma dos responsáveis por alguns dos melhores momentos do filme. Seu jeito desbocado e ao mesmo tempo inocente é cativante. E, como se não bastasse a boa composição do personagem, ela consegue ainda levar o espectador do drama para a comédia em questão de segundos, sem perder o ritmo ou parecer artificial.

Outro aspecto positivo do filme é o fato de ele se permitir fazer humor com diversas situações e não só com piadas sobre sexo como muitas das comédias por aí insistem em abusar. Sem dúvida, muito disso se deve à direção de Anne Fletcher (Vestida Para Casar). O olhar feminino da diretora se mostra aqui um grande diferencial. Mesmo em uma sequência onde há nudez completa dos dois personagens principais, Anne consegue manter o foco da cena na situação e no contexto, e não na exploração gratuita do corpo de ambos. Fletcher não é, em momento algum, apelativa ou vulgar.

Bonitinho, mas ordinário, A Proposta cumpre o que se propõe a ser, apostando no feijão com arroz de uma estrutura de roteiro consagrada, sem querer reinventar nada. O que por um lado faz do filme apenas mais uma comédia em meio a tantas outras, por outro é o suficiente para garantir uma direção segura de uma história simples, mas que, pelo menos em termos de entretenimento, consegue ser agradável e atingir um público cativo que, independente da história, tem a certeza que verá na tela do cinema outra vez um final feliz.

Nota 7

Comprar

- A Proposta em DVD
- A Proposta em Blu-ray

…..

Quer ficar bem informado sobre cinema? Siga o Portal de Cinema no Twitter ou curta a nossa página no Facebook