Declarar rendimentos da aposentadoria INSS

Você é aposentado do INSS e está com dúvidas referente a declaração do Imposto de Renda e o informe de rendimentos? Confira a seguir diversas informações sobre como você deve proceder no momento da declaração.

O Imposto de Renda é de fato um dos impostos mais importante do Brasil. Lembrando que para quem é obrigado a pagar o imposto e acabe que por não pagar deverá ter alguns problemas como, por exemplo, o CPF e passaporte bloqueados, ou seja, não tem escolha temos de pagar este imposto para evitar ficar na malha fina. Não é diferente para os aposentados, os mesmos também devem ficar em dias com o Governo Federal, saiba um pouco mais na continuação deste artigo.

Para você que é um aposentado do Instituto Nacional do Seguro Social, conhecido popularmente como INSS saiba que você deve preencher e enviar a sua declaração do Imposto de Renda 2020. Outra informação muito importante é que caso o imposto não seja pago, você pode receber a restituição do Imposto de Renda em alguns casos.

O INSS divulgou uma nota oficial na qual informa que até o dia 29 de março de 2020 o órgão enviará um informe contendo rendimentos e com todos os registros de pagamentos e também descontos que deverão ser informados na declaração do Imposto de Renda.

Lembrando que você não precisa se dirigir a uma agência do INSS, pois este documento contendo as informações citadas acima deverá chegar a sua residência no prazo estipulado que será até o dia 29 de março de 2020. A declaração do Imposto de renda deverá ser feita através do site oficial da Receita Federal.

Vale lembrar que a declaração só poderá ser feita com as devidas informações que serão enviadas pelo INSS o prazo para a declaração é até o final de abril de 2019, por isso, caso chegue ao fim do prazo da declaração do IR 2019 e o documento ainda não tiver chego em sua residência é recomendável ir a uma agência do INSS próximo a sua casa.

Continue Reading...

Governo anuncia desconto de 3% para bom pagador de impostos

No Rio Grande do Sul, todos os anos entre os meses de outubro e dezembro, são divulgadas as informações e regras do IPVA referente ao ano seguinte. Estas informações são definidas e divulgadas pela Secretaria de Estado da Fazenda – SEFAZ RS, em parceria com o Departamento Estadual de Trânsito – DETRAN RS.

Para calcular o seu imposto o contribuinte deve considerar o valor de mercado do veículo e também a alíquota estabelecida. O valor de mercado é definido na Tabela FIPE – Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas.

A tabela com os valores é divulgada pelo DETRAN e SEFAZ juntamente com as outras regras referentes ao imposto.

Calendário, Pagamento e Descontos IPVA

Os vencimentos do IPVA RS 2020 têm início a partir de abril e o calendário é definido conforme o final da placa. O IPVA relativo a automóveis, caminhonetas, utilitários, motocicletas e demais veículos deve ser quitado entre os meses de abril e junho, enquanto o imposto sobre a propriedade de caminhões, ônibus e micro-ônibus deverá ser pago entre os meses de março e agosto.

Em caso de atraso no pagamento, incidirá multa de 0,33% valor do imposto devido, por dia de atraso, desde que o recolhimento ocorra até 60 dias após o vencimento. Após 60 dias de vencido, multa de 20% do valor do imposto.

Consulta e Emissão de 2 Via de Boleto

Para maior comodidade, a SEFAZ envia através dos Correios o DUA para a residência do contribuinte. Caso o contribuinte não receba o documento em seu endereço deverá procurar uma Agência da Receita Estadual, o BANESTES ou o DETRAN para a emissão da 2 Via, que também pode ser emitido através do site da SEFAZ.

Continue Reading...