Portal de cinema

 
Filmes iniciados por:
# A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z
 
::.. A PRINCESA E O SAPO ..::
::.. Sinopse ..::
Tiana é uma jovem afro-americana que vive em um encantador bairro francês na lendária cidade de Nova Orleans, berço do jazz. Do coração dos místicos pântanos da Louisiana e às margens do poderoso rio Mississippi chega uma história de amor inesquecível, com a participação de um cocrodilo cantor, com toques de vudu e os encantos da cultura Cajun.
::.. Ficha Técnica ..::
Título Original: The Princess and the Frog.
Origem:
Estados Unidos, 2009.
Direção:
Ron Clements e John Musker.
Roteiro:
Ron Clements, Rob Edwards e John Musker.
Produção:
Peter Del Vecho.
Fotografia:
-.
Edição:
Jeff Draheim.
Música:
Randy Newman.
::.. Elenco ..::
Anika Noni Rose, Bruno Campos, Keith David, Michael-Leon Wooley, Jennifer Cody, Jim Cummings, Peter Bartlett, Jenifer Lewis, Oprah Winfrey, Terrence Howard, John Goodman, Elizabeth M. Dampier, Breanna Brooks, Ritchie Montgomery, Don Hall, Paul Briggs, Jerry Kernion, Corey Burton , Michael Colyar, Emeril Lagasse, Kevin Michael Richardson, Randy Newman, Terence Blanchard, Danielle Moné Truitt, Kelly Hoover, Lynwood Robinson, Marlon West, Joe Whyte e Shanda M. Williamson.
::.. Site Oficial ..::
http://disney.go.com/disneypictures/princessandthefrog/
::.. Premiações ..::
Indicado ao Globo de Ouro de Melhor Filme de Animação.
::.. Saiba mais ..::
O orçamento de A Princesa e o Sapo foi de US$ 105 milhões.
::.. Trailer ..::
::.. Crítica ..::

É interessante notar como alguns fenômenos no cinema são cíclicos e, graças ao excesso de uma coisa ou outra, sempre acabamos retornando às origens com um olhar nostálgico sobre determinado aspecto, ainda que esse não seja necessariamente melhor ou mais divertido.

Há pouco mais de dez anos, quando do lançamento de Toy Story, a novidade era a animação em CGI. De uma média de dois ou mais longas por ano passamos hoje para mais de vinte. Com isso a animação tradicional que desde o princípio do cinema mantinha as mesmas características, se tornou uma raridade a ponto de cada nova produção já ser lançada com um status de arte associada ao nome.

A Princesa e o Sapo, nova animação da Disney, deixa no ar um clima de nostalgia e saudade dos grandes desenhos que a companhia produziu ao longo dos anos. De antiquado o formato passou a ser uma atração, um diferencial junto ao público. E, felizmente, a melhor constatação que podemos ter é que o velho estilo de estruturação de roteiros consagrado pela empresa criadora de Mickey Mouse ainda é capaz de funcionar muito bem.

Por outro lado, vivemos outros tempos e provavelmente, se você leu algo sobre este filme em algum outro lugar, viu que as principais referências à produção se referiam ao fato do desenho ser estrelado por uma princesa negra: a primeira princesa negra da Disney. A grande verdade é que, em termos de história, isso tem pouca ou quase nenhuma importância. Qual fosse a cor da pele de Tiana (Anika Noni Rose) o resultado final da história seria o mesmo, o que acaba quebrando um pouco da magia e tornando a premissa mais mercantilista do que fantasiosa.

A história da moça pobre e humilde que devido a um golpe de sorte e de maneira espontânea conquista o coração de um príncipe transformado em sapo é contada com uma pequena variação. Ao invés de, ao beijar o sapo ele ser transformado em um príncipe, nesse caso Tiana é quem se transforma. E é vendo ela como uma sapa – ou como uma igual – que ele conhece seus encantos e reconhece em si os seus defeitos.

A música, elemento importante nas produções da empresa, se faz presente em grande estilo. A trama se passa na cidade de New Orleans, num bairro francês onde o jazz parece ser a alma do lugar. As canções inspiradas no ritmo e os momentos musicais não são meras peças estilísticas e é peça importante para levar a história adiante.

Vale ressaltar um ponto curioso e, até certo ponto, ousado do roteiro. Próximo ao final um importante personagem da história morre. Qual deles e como isso acontece, obviamente, não vou revelar aqui para não estragar a surpresa. Porém é admirável que isso aconteça em um filme da Disney uma vez que, em suas histórias, raras vezes cenas como essas são mostradas ou ganham destaque.

Embora não tenha o brilho dos desenhos de outrora, como A Bela e a Fera, Branca de Neve e os Sete Anões ou Cinderela, só para citar alguns, A Princesa e o Sapo consegue ser cativante dentro de sua proposta. E felizmente, contrariando seu próprio marketing, para o bem da história, raça ou credo não alteram de forma alguma o resultado da trama. Afinal o que menos precisamos é uma filosofia do politicamente correto preocupada em agradar a todos. Sermos nós mesmos ainda e acreditar naquilo que mais lhe parecer correto são ainda os maiores diferencias que qualquer ser humano pode ter.

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Wikerson Landim - wikerson@portaldecinema.com.br
::.. Confira também ..::
wall-e
Wall-E
[DVD]
up altas aventuras
Up Altas Aventuras
[DVD]
ratatouille
Ratatouille
[DVD]

branca de neve e os sete anões
Branca de Neve e os Sete Anões [DVD]
::.. Comentários ..::
Sem comentários ainda. Seja o primeiro.
::.. O que você achou deste filme? Comente! ..::
Nome:  
Sua nota:
Comentário: